Como Declarar Consórcio no Imposto de Renda em 5 Passos

Todo início de um ano é uma dor de cabeça.

Depois que passam as festas, logo chegam as cobranças.

É preciso cobrar material escolar para os filhos, pagar seguro, IPVA, IPTU e outros mais.

Entretanto, dentre todas as obrigações de um cidadão brasileiro, existe um que o incomoda muito, que é declarar o imposto de renda.

Esse com certeza é a obrigação que mais gera dor de cabeça, pois é preciso indicar todos os seus rendimentos no ano anterior.

E isso pode levar certo tempo.

Mas, todos os que vão realizar a declaração possuem uma dúvida em comum: como declarar algo conquistado através de um consórcio?

Para poder responder essa questão, apresentamos este post com informações sobre como fazer essa declaração. Serão cinco passo que você deve seguir.

Primeiro Passo: Descrição

A principal coisa a se fazer é realizar a descrição daquilo que adquiriu com o consórcio.

Pode ser um imóvel ou um carro, não importa, você tem que descrever.

No site da Receita Federal, você deve acessar a parte de bens e direitos, selecionar o código referente ao que adquiriu e colocar a quantidade.

Na parte de discriminação você terá de dizer o que é, de acordo com a escritura ou documento do objeto.

Segundo Passo: Valor

Você precisa dizer a situação do seu consórcio.

Isto quer dizer que tem que indicar a situação financeira do bem ou bens adquiridos.

Se acaso já quitou, informe o valor gasto com o seu bem de consumo.

Mas se ainda está pagando as prestações, informe o quanto já foi pago até o momento.

Lembre-se de indicar o valor que foi pago e não quanto ele vale hoje. Somente deve ser indicado esse valor, ou seja o preço atualizado, quando vender ou passar adiante.

Terceiro Passo: FGTS

Durante o pagamento do seu consórcio, você precisou utilizar os valores do FGTS para arcar com os valores, então, isso deve ficar registrado.

Isto quer dizer que se você utilizou os valores do fundo de garantia, seja para quitar ou pagar uma mensalidade, é necessário descrever esse movimento.


Quarto Passo: Participação

Pessoas que adquiriram ou ainda não foram contempladas em um consórcio, precisam descrever sua participação.

Ou seja, aqueles que receberam um benefício graças ao consórcio, devem registrar sua participação.

E se você ainda não foi contemplado com o que deseja, também tem que registrar sua situação.

Para registrar é preciso inserir o código referente ao consórcio que está fazendo parte.

Quinto Passo: Modificações

O último passo que você precisa saber com relação a declaração de um bem contemplado pelo consórcio é com relação as alterações realizadas neste bem.

Ou seja, se você modificou algo nesses últimos meses nesse bem adquirido, é preciso deixar bem explicado no imposto de renda.

Ao declarar, você precisa dizer o que modificou e o quanto gastou nessas mudanças.

Além disso você precisa indicar quem forneceu os materiais e quais os profissionais que você utilizou para realizar a reforma.

E pronto, para fazer a sua declaração de um bem de consórcio basta seguir os passos acima, que você vai evitar muita dor de cabeça.

Comentários

Comentários